O principal objetivo deste documento é apresentar tanto esse grupo de brasiguaios como o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) do Brasil como atores transnacionais no Brasil e no Paraguai. Em geral, os estudos no campo do transnacionalismo referem-se aos processos criados e continuados por imigrantes, quase sempre provenientes de um país geograficamente distante, que vinculam seus países de origem e destino. O projeto Transnacionalismo, que deu origem ao documentário, enfoca no estudo dos processos transnacionais de imigrantes e não imigrantes em regiões fronteiriças, como na fronteira entre Brasil e Paraguai.

O Este documentário é parte do projeto de Transnacionalismo, uma plataforma online integrada que está sendo criado para fornecer a acadêmicos, professores, estudantes e outros interessados ​​em transnacionalismo com informações e recursos para apoiar e expandir esse campo de estudo.